26.3.08

.dor de cabeça.

Eu até tenho uma vida boa, sabe?! Entro no trabalho as dez da manhã, saio as quatro da tarde, pego o metrô vazio e volto sentada. Onde trabalho posso sentar, conversar com a galera, comer salgadinho e beber breja quando é final-de-semana, posso mexer na internet, posso deixar o cliente super a vontade, sem precisar torrar o saco dele, e todas essas coisas que vendedores de loja adorariam fazer e quando me vêem fazendo enchem meu saco, mas eu sei que lá no fundinho eles estão mor-ren-do de inveja. Tirando que mesmo com toda essa 'mordomia' eu ainda consigo ganhar mais que eles. HAHAHAHAHA.
Mas assumo, ainda há muitas coisas para serem feitas. Muitas vontades pra serem realizadas, muitos sonhos pra trazer a vida real, muitas idéias que, sei lá porque, sempre acabam ficando para depois. Na verdade mesmo, a gente precisa viver e vencer cada dia. É um trabalho árduo que ás vezes dá até uma preguicinha, mas o negócio é sobreviver e respirar profundamente, aliviadamente.
E na maioria das vezes, os problemas não nos dão trégua. Estão sempre lá a nos cutucar como alfinete que entra vagarosamente na pele, entra e vai até o fundo, fazendo sangrar ... depois cicatriza. Deixando apenas uma lembrança, a dor.
Mas é aquela coisa, né?! Pra isso que existem as boas cervejas, as boas comidas, os bons amigos e os bons diálogos. Só por isso que nos mantemos em pé, assim um a segurar no outro. Um dia é o meu de chorar, no outro o seu, a gente vai revezando e rezando. E toma neosaldina pra passar ...



(Eu morro de inveja das pessoas do meu trabalho)

3 comentários:

barbaramazzola disse...

Um dia eu, um dia você..
E todos os dias nós duas.
E no nosso todo dia colorido de sempre.. eu existo em mim e em você.
E você existem em você e em mim.

Uhm-á!

Luciano disse...

eu não façoparte desses 'bons amigos' aí.
nem te vi esse ano ainda.

lukitchas disse...

Simples descrever uma simples sensação, a de estar a seu Lado...
tudo se resume a uma simples palavra:
..SIMPLICIDADE..
Pode não se ter nada, não se fazer nada ou até msm não ter o que se fazer em qlq lugar com menos ainda, qdo estamos juntos NADA, se torna TUDO..