12.4.11

você vs. realidade

quando estou com você eu viro vício, sou emoção incontida, carne exalada
...
quando volto pra realidade crio coragem, sou mais ou menos e sofro
...
quando estou com você, sorrio, choro, sou fácil
...
quando volto pra realidade, esqueço de tudo, volto pro casulo, quero você
...
quando estou com você, sou você, em você, com você, por você
...
quando volto pra realidade, sou eu mesma, como tem que ser
...
quando estou com você, sou amor, sou paixão, sou tesão, sou cíumes, choro fácil
...
quando volto pra realidade, me perco fácil, ando sem sentido do que ser
...
quando volto pra você, acho o caminho, com sentido, do sentir de ser e ter
...
quando volto pra realidade, estou aqui, mas quero sempre, voltar pra você.

vice-versa.
um joguinho.
dói aqui, acolá.

centrinho.

sou mistura de tudo.
por que o nosso amor é mistura de dois: do tipo briga sorrindo e chora beijando.

2 comentários:

Leo Ribeiro disse...

'Quando não estás aqui, sinto falta de mim mesmo e sinto do teu corpo junto ao meu'.

E sinto falta das longas conversas durante a madrugada, das mãos dadas nos dias frios, do abraço mais aconchegante, do bejio mácio e da morena mais lindo do mundo!


amo você!

Tatiana Pinheiro. disse...

querida, estou de casa nova:

www.floressaoflores.blogspot.com

grande beijo!